O porque de liberar o porte de arma


Ao contrário do Brasil, existem alguns países que liberam o porte de arma de fogo para cidadãos comuns, para sua própria defesa. Imagine que invadem sua casa e você não tem como se defender, a última solução é ter uma arma para se proteger, caso contrário sua vida estará em jogo. Mais vale um ladrão morto, ou melhor, na cadeia, do que um cidadão honesto morto porque o governo não deu a liberdade dele se defender.

Há muitos pontos contra seu uso, a maioria das pessoas questiona: “Mas isto não vai aumentar a taxa de homicídios?”. Não! Com base em algumas pesquisas podemos ver que países que liberam o porte de arma tem uma taxa bem menor de assassinatos que, por exemplo, o Brasil. Aqui quem porta é traficante ou policial. Por que não os cidadãos comuns? Só em 2010 o Brasil registrou três vezes mais mortes a tiro que nos EUA. Então por que não liberar? Há uns dias atrás saiu uma pergunta na página do senado onde indagavam sobre a legalização do porte de arma, e 90% votou a favor.

Este ano o Brasil bateu recorde de assassinato, e é a maior desde 1980. Isso é o resultado de um desgoverno que não pensa em um país melhor, e sim em aprovar apenas projetos em seu autobenefício. Mas o governo brasileiro escolhe cada vez mais criar leis que só aumentam o benefício de ladrões, estupradores etc.. Ainda não entenderam que quando alguém está definitivamente querendo matar, ele mata de qualquer forma. Um exemplo é a cadeia, onde os presos matam até com caneta. Está na hora de parar de usar a cabeça de baixo e começar a usar a de cima, pensar na população.

Propaganda da fábrica de armas Glock, para o público dos Estados Unidos:

Fontes: Senado BBC Veja Senado


Veja também: Traficantes mandam recado para Dilma

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como desmaiar sozinho

10 frases da Dilma que estamos tentando entender até agora